Preencha os campos abaixo e nossos corretores entrarão em contato com você!

Enviado com sucesso!

Verifique os campos marcados e tente novamente.

Ocorreu um erro!

Fale com nossa equipe de vendas!

Verifique os campos marcados e tente novamente.

Ocorreu um erro!

Menu
28/10/2013

Muito mais que um delivery

Só há uma coisa melhor que aproveitar o conforto do lar: não precisar sair de casa para resolver as pequenas pendências do dia a dia. Não é à toa que um número cada vez maior de empresas aposta no delivery de produtos e na prestação de serviços a domicílio.

O assunto foi tema de uma reportagem no Diário do Nordeste, que contou a história da estilista Renata Ingold. Depois de 20 anos morando na França, a paulistana radicada em Fortaleza criou a Disk Manicure, empresa de manicure e pedicure com atendimento em domicílio. Hoje, ela conta com mais de 20 unidades de mini franquias espalhadas pelo Brasil.

“A ideia surgiu em 2007. Enquanto aguardava minha vez para fazer as unhas em um salão, imaginei como seria ser atendida em casa. Resolvi criar uma unidade piloto para fazer uma pesquisa de mercado. O primeiro passo foi contratar uma profissional e, aos poucos, fomos criando a carteira de clientes, identificando nosso público, apurando a concorrência direta e indireta e ajustando os serviços”, diz Renata.

Consolidada na capital cearense, a estilista resolveu expandir o modelo por meio de microfranquias e licenciamento em cidades como São Paulo, Teresina, São Luis, Belém, Manaus e Brasília.

Pet shop móvel

Também após um estudo de mercado, dois empresários cearenses investiram numa loja veterinária delivery em Fortaleza. Edinho Araújo e Felipe Machado criaram a unidade volante Pet House, o primeiro pet shop móvel do Nordeste.

“Muita gente não tem tempo de levar o seu cão ou gato até a loja veterinária e nem sempre os donos querem se separar dos pets. Resolvemos unir o útil ao agradável”, conta Machado.
Os animais praticamente não precisam sair de casa para receber banho e tosa. O carro para na porta da casa do cliente e atende um animal de cada vez.

A unidade atende, em média, de 15 a 18 clientes por dia. Há ainda que feche pacote para condomínios. “Em um único dia, chegamos a atender até 22 animais de um residencial”, afirma o empresário. Machado estima que o crescimento do negócio chegou a quase 80% em apenas 1 ano e meio.

Fonte: Diário do Nordeste