Preencha os campos abaixo e nossos corretores entrarão em contato com você!

Enviado com sucesso!

Verifique os campos marcados e tente novamente.

Ocorreu um erro!

Fale com nossa equipe de vendas!

Verifique os campos marcados e tente novamente.

Ocorreu um erro!

Menu
26/04/2014

Conheça os jardins mais lindos do mundo

A vida ao ar livre ganha contornos mágicos em meio à exuberância vegetal, mineral e aquática dos jardins ao redor do mundo. Que tal aproveitar a sua próxima viagem e encaixar um passeio em um deles?

Oásis contemplativo: Jardim do Noguchi Museum, Nova York

Um dos criadores mais versáteis do século 20, Isamu Noguchi (1904-1988) ficou conhecido pela vida dedicada à experimentação em diferentes plataformas artísticas. O nipo-americano fez esculturas, jardins, móveis e luminárias.

Natureza Pictórica: Jardins de Claude Monet, Giverny
Por mais de quatro décadas, o pintor Claude Monet (1840-1926) viveu na bucólica Giverny, sua última morada antes de morrer. Ali, a cerca de 75 km de Paris, o mestre do impressionismo encontrou mais do que um retiro, um universo de inspiração. Imortalizadas em suas obras, ninfeias, papoulas, lilases, roseiras e salgueiros-chorões podem ser apreciadas dentro da sua propriedade, hoje administrada pela Fondation Claude Monet e aberta ao público dos meses de abril a novembro, desde 1980.

Paraíso Tropical: Fairchild Tropical Botanic Garden, Coral Gables
Um passeio pelo Fairchild, em Coral Gables, na Flórida, Estados Unidos, é, antes de tudo, uma rica experiência sensorial. Com mais de 340 mil m², o local reúne cerca de 165 mil espécies vegetais desse estado americano, da América Central e do Caribe. Lá, é possível ver e tocar palmeiras de diferentes formas, texturas e tamanhos, bem como conhecer a maior coleção de cicadáceas do mundo. O paisagismo clássico de William Lyman Phillips (1885-1966) surpreende os visitantes com fragrâncias doces e quentes.

Tesouro Brasileiro: Sítio Roberto Burle Marx, Rio de Janeiro
O trabalho de Burle Marx (1909-1994) pode ser apreciado em diversos lugares do Brasil e em outros países. Um dos mais interessantes é o sítio na Barra de Guaratiba, zona oeste do Rio, onde o paisagista brasileiro morou de 1973 a 1994. Aberto à visitação mediante agendamento rigoroso, o local reúne uma das mais relevantes coleções de plantas tropicais e subtropicais do mundo, incluindo atrativos como o rabo-de-arara e as bromélias gigantes.

Seis Trunfos: Kenroku-En, Kanazawa
Em um país pródigo em criar jardins majestosos, Kenroku-en é um de seus grandes destaques, com pinheiros centenários, cerejeiras espetaculares, casas de chá graciosas e cenários idílicos. Situado em Kanazawa, na costa oeste do Japão, o local tem 114 mil m² de área e foi criado pelo clã maeda, entre 1620 e 1840, como um jardim privado junto ao seu castelo. Em 1871, o público ganhou o direito de entrar e, desde então, pode desfrutar do espaço durante as quatro estações do ano. Ele fica especialmente belo no início da primavera, quando as cerejeiras florescem e tingem o Kenroku-en de branco.

Fonte: Casa Vogue.